Rio compra áreas do Exército para construir moradias

Terrenos serão usados para construção de casas destinadas a famílias desabrigadas em razão das chuvas

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

05 de maio de 2010 | 11h38

SÃO PAULO - O governo do Rio de Janeiro finalizou nesta terça-feira, 5, a compra de terrenos do Exército brasileiro em Niterói e São Gonçalo. As áreas serão usadas para a construção de casas do programa Minha Casa, Minha Vida, destinadas a famílias desabrigadas em razão das chuvas ocorridas no Estado no início do mês passado.

Um terceiro terreno foi adquirido para a construção da sede do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), ao lado do Complexo da Maré, entre a Avenida Brasil e a Linha Vermelha. Segundo o governo, foram investidos na aquisição dos imóveis R$ 45 milhões.

Foram adquiridas as áreas e instalações do 3º Batalhão de Infantaria (com 146 mil metros quadrados), em Venda da Cruz, município de São Gonçalo; do 19º Batalhão Logístico (com 41,8 mil metros quadrados), no bairro de Barreto, em Niterói; e do 24º Batalhão de Infantaria Blindado (com 209 mil metros quadrados), em Ramos, na zona norte do Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.