Rio consegue de empresas os R$ 3 milhões para escolas de samba

Prefeitura levantou valor prometido para agremiações destruídas por incêndio com cinco companhias

Marília Lopes, Central de Notícias

10 de fevereiro de 2011 | 11h03

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou que as empresas patrocinadoras do carnaval irão doar a quantia de R$ 3 milhões para as escolas de samba atingidas pelo incêndio na Cidade do Samba na segunda-feira. A ajuda havia sido prometida pelo governo municipal, que caso não conseguisse arrecadar o valor com a iniciativa privada iria utilizar recursos públicos.

 

Veja também:

linkLiesa quer bombeiros na Cidade do Samba

linkFolião insatisfeito terá dinheiro de volta

linkCarnaval italiano oferece ajuda às escolas cariocas

 

A Grande Rio, escola mais atingida no incêndio, receberá R$ 1,5 milhão. Já a Portela e União da Ilha, que tiveram menos prejuízo, vão receber R$ 750 mil cada. A doação será feita pelo Bradesco, Nestlé, Procter & Gamble, Schincariol, Supermercados Guanabara e Tim.

 

A assessoria de imprensa da Prefeitura não informou quando o dinheiro deve ser repassado para as agremiações, mas ressaltou que é uma ação em caráter emergencial, já que falta menos de um mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.