Rio de Janeiro comemora seus 442 anos de fundação

Com canções de Tom Jobim interpretadas por um coral aos pés da estátua do Cristo Redentor, no Morro do Corcovado, a cidade do Rio de Janeiro comemorou nesta quinta-feira, 1º, 442 anos de fundação. O evento serviu para promover a candidatura do monumento no concurso internacional que escolherá as novas Sete Maravilhas do mundo. O aniversário foi celebrado também em outro dos principais cartões postais da cidade, o Pão de Açúcar, com uma apresentação da orquestra do Corpo de Bombeiros, no Morro da Urca. A prefeitura também organizou uma festa, realizada a partir do início da noite na Praça Quinze.A festa começou na véspera, com um baile popular e um desfile da banda da Sociedade dos Amigos da Rua da Carioca e Adjacências (Sarca) por ruas do centro. Na comemoração, em que foram distribuídas fatias de um bolo de 4,42 metros de comprimento, o jornalista Sérgio Cabral (pai do governador Sérgio Cabral Filho) e a humorista Dercy Gonçalves receberam os títulos de "O mais carioca do Rio" e "A centenária mais carioca do Rio". Dercy completa cem anos este ano.A cidade do Rio de Janeiro foi fundada em 1.º de março de 1565 por Estácio de Sá. O objetivo, alcançado dois anos depois, era expulsar franceses que ocupavam a região havia um década e pretendiam instalar uma colônia, a França Antártica. Em 1763, a cidade sucedeu a Salvador como capital da então colônia portuguesa. O status de distrito federal foi perdido em 1960, quando a capital da República foi transferida para Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.