Rio de Janeiro envia helicóptero para socorrer vítimas no Espírito Santo

Objetivo é resgatar pessoas em áreas de difícil acesso e distribuir mantimentos e remédios

Wellington Bahnemann, Agência Estado

25 Dezembro 2013 | 18h09

O governo do Rio de Janeiro enviará uma aeronave esquilo para apoiar o trabalho de socorro às vítimas das chuvas que castigam praticamente todo o Estado do Espírito Santo há uma semana. A decisão partiu do governador fluminense, Sérgio Cabral, atendendo pedido feito na manhã desta quarta-feira, dia 25, pelo governador capixaba, Renato Casagrande, durante telefonema para agradecer o envio de duas dezenas de bombeiros ao Estado.

De acordo com o governo fluminense, o helicóptero esquilo do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar irá para Vitória (ES) com o objetivo de resgatar pessoas em áreas de difícil acesso, além de distribuir materiais como mantimentos e remédios. A tripulação na aeronave será composta por seis policiais militares. Mais cedo, 20 bombeiros do Grupamento de Busca e Salvamento do Rio já haviam sido enviados para o Espírito Santo.

Até o momento, as chuvas que colocaram 50 municípios do Espírito Santo em situação de emergência já vitimaram 18 pessoas. Segundo último boletim divulgado pela Defesa Civil do Espírito Santo, duas vítimas foram localizadas em Baixo Guandu, uma em Barra de São Francisco, cinco em Colatina, uma em Domingos Martins, oito em Itaguaçú e uma em Nova Venécia. O número de pessoas desalojadas é de 48,601 mil. A Secretaria Nacional de Defesa Civil continua enviando alertas de Risco de inundação e de novos deslizamento de terra.

Mais conteúdo sobre:
chuvas Espírito Santo helicóptero

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.