Divulgação
Divulgação

Rio de Janeiro terá o maior aquário da América Latina

Projeto custeado em R$ 110 milhões deverá ficar pronto em 2012 e ficará na zona portuária da cidade

Solange Spigliatti, Central de Notícias

02 de setembro de 2009 | 14h26

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou na terça-feira a construção de um aquário marinho de 27.000 m² como parte do projeto Porto Maravilha, para a revitalização da área portuária da cidade. O AquaRio será totalmente custeado pela iniciativa privada, com investimento estimado em R$ 110 milhões, segundo a assessoria do projeto. O decreto do projeto foi publicado nesta quarta-feira, 2, no Diário Oficial do Município.

 

Quando pronto, este será o maior aquário marinho da América Latina, com 12.000 animais marinhos, de 400 diferentes espécies, inseridos em um ambiente capaz de conter mais de cinco milhões de litros de água. "A zona portuária está recebendo altos investimentos do poder público e a iniciativa privada já vem demonstrando interesse na área. O aquário tem tudo a ver com o Rio, é a cara dos cariocas", aposta o prefeito Eduardo Paes.

 

O empreendimento foi idealizado por Marcelo Szpilman, referência em biologia marinha no País. A construção do aquário ficará sob responsabilidade da Kreimer Engenharia e a captação de recursos, por meio de um fundo de investimentos, que está sendo estruturado pela Local Invest.

 

A previsão é de que seja inaugurado em agosto de 2012, e a estimativa de público anual é de 1,5 milhão de pessoas. O projeto do AquaRio é o primeiro empreendimento privado a participar do Porto Maravilha, programa de revitalização da área portuária da cidade. Lançado em junho, o Porto Maravilha também contará com recursos do governo federal.

Tudo o que sabemos sobre:
aquárioRiolazerturismoEduardo Paes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.