Rio é eleita a cidade mais feliz do mundo pela 'Forbes'

Encabeçam a lista da revista americana as cidades de Sidney, na Austrália, e de Barcelona, na Espanha

Efe,

03 de setembro de 2009 | 14h50

Ao fundo, o Pão de Açúcar, cartão-postal do Rio; em primeiro plano, Botafogo, na zona sul da cidade

 

NOVA YORK - O Rio de Janeiro lidera a lista das dez cidades consideradas como as mais felizes do mundo, segundo uma relação divulgada na quarta-feira, 2, pela revista Forbes. "Desde que Fred Astaire e Ginger Rogers apareceram no filme Voando para o Rio, em 1933, o mundo ficou fascinado com o Rio de Janeiro. O ideário popular da cidade é repleto de imagens de jovens dançando pela noite, tendo ao fundo as montanhas e o mar", afirma a revista em seu site, sem esquecer de citar o carnaval carioca.

 

Veja também:

linkRio de Janeiro terá o maior aquário da América Latina

linkRio publica edital de licitação para organizar carnaval 2010

 

A relação das cidades mais felizes do mundo divulgada pela revista foi elaborada em função dos dados de uma recente pesquisa realizada pelo instituto de pesquisa de mercado GfK Custom Research North America e pelo consultor Simon Anholt, que reuniu as respostas de dez mil pessoas em mais de 20 países. "O Brasil é associado a bom humor, a um bom estilo de vida e ao carnaval", diz Anholt. "O carnaval é muito importante - é a imagem clássica que as pessoas têm do Rio, e é uma imagem de felicidade", afirma.

 

O segundo lugar da lista é de Sydney, na Austrália. Já a terceira cidade mais feliz do mundo é a espanhola Barcelona. Para Anholt, a pesquisa reflete em grande medida a antiga reputação das cidades do Mediterrâneo e da América Latina como lugares festivos. "É uma pesquisa de percepção, não da realidade", disse o consultor à revista norte-americana.

 

Confira a lista das cidades mais felizes do mundo:

 

1.º Rio de Janeiro, Brasil

2.º Sidney, Austrália

3.° Barcelona, Espanha

4.º Amsterdã, Holanda

5.º Melbourne, Austrália

6.º Madri, Espanha

7.º São Francisco, Estados Unidos

8.º Roma, Itália

9.º Paris, França

10.º Buenos Aires, Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.