Rio e São Paulo registram a maior temperatura do inverno

Massa de ar seco está parada na região Sudeste e contribui para a rápida elevação das temperaturas

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

02 de setembro de 2009 | 11h53

Rio e São Paulo registraram a maior temperatura deste inverno na terça-feira, 1º. Em Santa Cruz, no interior do Rio, registrou 35,5ºC na tarde de terça, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Em São Paulo, os termômetros marcaram 29,8ºC no Mirante de Santana.

 

Veja também:

linkA previsão do tempo na sua cidade

 

No Rio, a maior temperatura do ano foi registrada em março, quando a máxima chegou a 39,3ºC. O recorde de calor do ano em São Paulo é de 34,1ºC no dia 1º de março.

 

De acordo com previsão da Climatempo, o forte aquecimento desta quarta-feira, 2, está relacionado ao predomínio da massa de ar seco e quente no Sudeste e a mudança na direção do vento, que passou a soprar do interior do continente em direção ao litoral.

 

O Sudeste, e quase todo Brasil, vai esquentar um pouco mais nesta quarta, porém, a temperatura baixou no Rio Grande do Sul, por conta da frente fria que está provocando muitas nuvens e pancadas de chuva, e da entrada do vento frio polar.

 

Alerta

 

Uma frente fria que está bloqueada sobre o Rio Grande do Sul provocando um intenso choque térmico sobre o Estado, entre o ar frio polar e o ar muito quente que ainda predomina sobre Santa Catarina e nas demais áreas do Brasil.

 

Nuvens muito carregadas crescem sobre o Rio Grande do Sul que podem provocar raios, ventos fortes e queda de granizo no decorrer desta quarta, segundo o Climatempo. A chuva pode cair volumosa, em curto espaço de tempo, em várias localidades do Estado, ocasionando alagamentos.

 

Por volta das 8 horas, rajadas de vento de 74 km/h foram observadas em Santo Ângelo, no oeste gaúcho. De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia, foram acumulados quase 80 milímetros de chuva em Quaraí, na fronteira com o Uruguai, no período entre 8 horas da manhã de terça e 9 horas desta quarta.

 

Em Alegrete e Uruguaiana, choveu cerca de 32 milímetros apenas na madrugada e no começo da manhã desta quarta. Em Santiago choveu 51 milímetros entre 3 horas da madrugada e 9 horas da manhã. A Grande Porto Alegre tem tempo chuvoso nesta quarta-feira e também está sujeita a chuvas e ventos fortes no decorrer do dia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.