Rio Grande do Sul é vítima da política do PT, diz Alckmin

O candidato tucano à Presidência, Geraldo Alckmin, voltou a atacar a política econômica de seu adversário, Luiz Inácio Lula da Silva, que tenta reeleição, em sabatina promovida pelo Grupo Estado. Em alusão ao Estado do Rio Grande do Sul, o tucano ressaltou que a política econômica petista levou à dívida do Estado sulista."Eles foram a grande vítima da política econômica do PT. São um Estado forte na agricultura, exportador, de manufatura e indústria têxtil, que foi prejudicado pelo PT", apontou Alckmin.Para Alckmin, em relação às dívidas dos governos estaduais, a Lei de Responsabilidade Fiscal representa um grande "avanço e segurança para a sociedade". "Sou da linha da responsabilidade fiscal. Ninguém tem direito de deixar o País pior do que encontrou e, sim, em uma situação melhor", afirmou Alckmin, acrescentando que o governo pode "oferecer alívio para dívida dos estados" em casos especiais. "Cabe ao governo federal apoiar e ajudar. A forma de fazer é que precisa ser estudada", alfinetou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.