Rio já tem 2,5 vezes mais casos de dengue que o total de 2005

O número de casos de dengue no Rio, em 2006, já é duas vezes e meia maior em relação ao total do ano passado. De acordo com a última estatística, divulgada na sexta-feira passada, a Secretaria municipal de Saúde recebeu 2.449 notificações da doença neste verão. Durante todo ano de 2005, foram contabilizados 968 casos na cidade, entre os quais 116 nos meses de janeiro e fevereiro.Apesar das ações de combate à dengue, promovidas pelos governos municipal e estadual, 915 notificações foram registradas na secretaria nos dez dias que antecederam a divulgação da estatística. Na segunda-feira, o comerciante Geison da Costa Carvalho, de 30 anos, morreu com suspeita da doença. Se for a doença confirmada como causa da morte em exame laboratorial, ele será a terceira vítima da dengue na cidade neste verão.Morador de Campo Grande, na zona oeste, Geison foi internado no sábado de carnaval no hospital particular Cardoso Rodrigues, em Cascadura, com febre, dor de cabeça e dores no corpo, sintomas típicos de dengue, segundo relato da família.De acordo com a Secretaria de Saúde, os bairros de Jacarepaguá e Barra da Tijuca, na zona oeste, têm a maior incidência da doença no município, com 1.575 notificações em 2006. A secretaria informou também que as ações de combate têm se concentrado nessa região a fim de evitar que o surto se alastre para outros pontos da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.