Rio publica edital de licitação para organizar carnaval 2010

Ao contrários dos outros anos, empresa que oferecer melhores projeto e preço ficará responsável pela festa

Clarissa Thomé, O Estado de S.Paulo

26 Agosto 2009 | 12h39

A prefeitura do Rio publicou na terça-feira, no Diário Oficial do Município, o edital de licitação para o carnaval 2010. Pela primeira vez, desde 1995, a organização ficará a cargo da empresa que apresentar o melhor projeto e preços para a festa no sambódromo. A Liga das Escolas de Samba (Liesa) tinha o monopólio do evento, por decisão do ex-prefeito Cesar Maia (DEM).

 

Veja também:

especialCobertura completa do carnaval 2009

 

A empresa vencedora da licitação ficará responsável pela infraestrutura dos desfiles: som e iluminação, montagem de frisas, cadeiras e camarotes, venda de ingresso, comércio e distribuição de comida e bebida. A Riotur vai assinar um contrato com as escolas, garantindo a participação delas no desfile e os direitos de transmissão.

 

A licitação estabelece os porcentuais da receita da venda dos ingressos: 53% para as escolas de samba, 10% de direitos autorais e, no mínimo, 7% para a prefeitura. A parcela para o município pode ser maior, de acordo com as propostas das empresas que disputarem a concorrência. Licitar o carnaval era promessa de campanha do prefeito Eduardo Paes (PMDB). O monopólio da Liesa é alvo de ações judiciais, de inquérito no Ministério Público e já foi investigado por uma CPI na Câmara dos Vereadores.

 

O secretário de Turismo e presidente da Riotur, Antônio Pedro Figueira de Mello, esclareceu que a Liesa, "como qualquer outra empresa", pode participar da concorrência. "A licitação visa trazer transparência ao processo de contratação dos serviços e aprimorar ainda mais a organização dos desfiles na Marquês de Sapucaí. É notório que a qualidade dos serviços melhorou muito desde que a Liesa assumiu a organização. Não temos nada contra os serviços prestados até agora. Mas essa é uma mudança que pode trazer ainda mais pontos positivos para o carnaval".

Mais conteúdo sobre:
carnaval 2010 carnaval do Rio prefeitura

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.