Rio tem madrugada violenta

Dois supostos traficantes do morro do Juramento II, em Vicente de Carvalho, zona norte, morreram esta madrugada após troca de tiros com policiais militares. A polícia informou que foi recebida a tiros pelos criminosos. Os feridos foram levados para o Hospital Carlos Chagas, onde morreram. Com eles, segundo a polícia, foram apreendidos um revólver calibre 38, uma pistola calibre 380 e cocaína. Os mortos ainda não foram identificados.Ainda de madrugada, em Guadalupe, zona norte, três homens foram encontrados mortos numa caçamba de uma caminhonete. Os três mortos, não identificados, foram torturados e depois baleados, segundo a polícia. Eles vestiam calças jeans, estavam sem camisa e descalços. Além disso, tinham sinais de espancamento e diversas perfurações por balas. Em São João do Meriti, na Baixada Fluminense, policiais militares apreenderam uma caixa contendo uma bomba de fabricação caseira, quatro coquetéis molotov e um revólver calibre 32. A polícia informou que o material foi abandonado na Avenida Alvorada, quando três homens avistaram uma patrulha que passava pelo local. Ninguém foi preso. O Esquadrão Anti-bombas foi acionado e recolheu o material. De acordo com a polícia, os explosivos poderiam ser utilizados para incendiar ônibus.No morro do Salgueiro, na Tijuca, zona norte, a polícia recuperou uma espingarda, um revólver calibre 32, 30 tabletes de maconha e 15 papelotes de cocaína. Ninguém foi preso.

Agencia Estado,

13 de abril de 2003 | 16h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.