Rio: traficante acusado de matar policial e médico é preso na Baixada

Detido na casa da avó, bandido fazia parte do tráfico de drogas do Morro da Coruja, em São Gonçalo.

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

27 de abril de 2012 | 01h11

SÃO PAULO - Foi preso, no início da noite desta quinta-feira, 26, no bairro Ana Clara, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, pela Polícia Civil, o traficante Patrick Augusto Santos de Oliveira, de 18 anos, conhecido como "Madrugadão", acusado de participar de três assassinatos em Niterói.

 

Foram vítimas do bandido o médico Carlos Vieira de Carvalho Sobrinho, de 65 anos, em 31 de março, em uma tentativa de assalto; o sargento Celso de Jesus, 47, no dia 9 de abril, baleado em uma troca de tiros com a quadrilha do traficante, num no posto de gasolina; e Jorge Luiz Santos Carvalho, 24, assassinado no dia 1º de abril, no bairro Ingá.

 

Patrick e Wallacy Santos Quintanilha, o "PQD", foram denunciados por latrocínio consumado, roubo duplamente agravado, formação de quadrilha e corrupção de menores. O traficante foi surpreendido quando dormia na casa da avó, na Rua Perci Morei. "PQD" continua foragido.

 

A dupla faz parte do tráfico de drogas que age no Morro da Coruja, em São Gonçalo. O tráfico de drogas do morro é controlado pelo traficante Maicon dos Santos de Souza, o "Gaguinho", que é um dos principais traficante do Comando Vermelho, que age em Niterói e São Gonçalo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.