Rio: traficante acusado de matar policial e médico é preso na Baixada

Detido na casa da avó, bandido fazia parte do tráfico de drogas do Morro da Coruja, em São Gonçalo.

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

27 Abril 2012 | 01h11

SÃO PAULO - Foi preso, no início da noite desta quinta-feira, 26, no bairro Ana Clara, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, pela Polícia Civil, o traficante Patrick Augusto Santos de Oliveira, de 18 anos, conhecido como "Madrugadão", acusado de participar de três assassinatos em Niterói.

 

Foram vítimas do bandido o médico Carlos Vieira de Carvalho Sobrinho, de 65 anos, em 31 de março, em uma tentativa de assalto; o sargento Celso de Jesus, 47, no dia 9 de abril, baleado em uma troca de tiros com a quadrilha do traficante, num no posto de gasolina; e Jorge Luiz Santos Carvalho, 24, assassinado no dia 1º de abril, no bairro Ingá.

 

Patrick e Wallacy Santos Quintanilha, o "PQD", foram denunciados por latrocínio consumado, roubo duplamente agravado, formação de quadrilha e corrupção de menores. O traficante foi surpreendido quando dormia na casa da avó, na Rua Perci Morei. "PQD" continua foragido.

 

A dupla faz parte do tráfico de drogas que age no Morro da Coruja, em São Gonçalo. O tráfico de drogas do morro é controlado pelo traficante Maicon dos Santos de Souza, o "Gaguinho", que é um dos principais traficante do Comando Vermelho, que age em Niterói e São Gonçalo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.