Rio: Um belo dia para a festa de São Sebastião

O dia de São Sebastião, padroeiro da cidade, foi marcado por muito sol, praia e comemorações. Desde o início da manhã, a Igreja de São Sebastião, na Tijuca, zona norte, ficou lotada por causa das missas ao longo do dia. Às 10 horas, a celebração em homenagem ao santo foi presidida pelo cardeal-arcebispo do Rio, Dom Eusébio Oscar Scheid. À tarde, fiéis caminharam cinco quilômetros na procissão que levou a imagem de São Sebastião da Igreja na Tijuca até a Cadetral Metropolitana do Rio.Pela manhã, cerca de três mil pessoas se amontoaram na Igreja de São Sebastião para acompanhar a missa celebrada porScheid. Até as 18 horas, a expectativa era de que 40 mil fiéis passassem pelo local. Por causa do calor, algumas pessoaspassaram mal. É nessa igreja que está a estátua trazida em 1565 por Estácio de Sá, fundador da cidade, e seus restos mortais. Depois da missa, marcada por cantos e palmas, Scheid voltou a criticar a festa São Sebastião Night, promovida ontem ànoite por uma boate gay em Copacabana, zona sul. A polêmica começou porque os panfletos de divulgação estampavam a imagem de um homem coberto com pano branco, numa pose que lembra o santo católico. ?Acho isso de muito mau gosto edesrespeito. É uma coisa que agride a veneração religiosa que temos pelos santos.? Protesto - Um grupo de moradores do bairroda Glória, na zona sul, aproveitou o dia do padroeiro para fazer um protesto contra a instalação de um monumento emhomenagem ao ex-presidente Getúlio Vargas na mesma praça onde há uma imagem de São Sebastião. Iniciada em dezembro, a obra é da Prefeitura, que pretende investir R$ 4 milhões para erguer uma escultura de 25 metros de altura, um busto de Getúlio de seis metros e um memorial subterrâneo. ?Não temos nada contra a figura de Getúlio, mas não o memorial não precisa ficar na praça onde o santo já é o homenageado?, disse o presidente da Associação de Moradores da Glória, Wilson Guedes. Ele acredita que o dinheiro usado na obra poderia ser usado para melhorar a praça.

Agencia Estado,

20 de janeiro de 2004 | 18h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.