RJ reforça policiamento para o verão

O secretário de Estado de Segurança Pública, coronel Josias Quintal, anunciou que o policiamento durante o verão será bastante intensificado, para que cariocas e turistas tenham mais segurança para aproveitar a cidade. A Turisrio espera 600 mil visitantes durante a estação - um aumento de 20% no número de pessoas vindas de outros Estados brasileiros e de 10% no índice de estrangeiros, em relação à última temporada."A polícia está preparada, estruturada e motivada para todo tipo de ação. A população e os turistas não precisam temer nada", disse Quintal, durante reunião do Comitê Integrado de Segurança Turística. O secretário não informou exatamente quantos dos 35 mil policiais militares que compõem a corporação reforçarão o patrulhamento - que começa no próximo dia 21. Do Natal ao carnaval, com o ingresso gradativo de 1,2 mil novos PMs, recentemente admitidos em concurso, haverá aumento do efetivo policial nos pontos turísticos e no número de veículos empenhados na segurança. O Batalhão de Policiamento de Áreas Turísticas (BPTur) contará com policiais nas praias e em motocicletas. Eles usarão ?buttons? indicando os idiomas que falam, para melhor atender aos estrangeiros. A Delegacia Especial de Atendimento ao Turista (Deat), onde hoje trabalham 25 agentes, terá seu quadro ampliado, divulgou o secretário.O presidente da Turisrio, Sérgio Ricardo de Almeida, disse que a expectativa do turismo durante o verão é alta. Segundo ele, de outubro de 2001 a abril de 2002, 40 transatlânticos terão chegado ao porto do Rio, com cerca de 135 mil turistas desembarcando, embarcando ou em trânsito. Houve um aumento de 35% em relação ao verão passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.