Roberto Requião diz que vencerá eleição no primeiro turno

O governador licenciado do Paraná, Roberto Requião (PMDB), disse que vencerá a eleição no primeiro turno com vantagem de 4 pontos para os demais candidatos. Ele votou por volta das 9 horas e desconsidrou as pesquisas divulgadas ontem a noite, que apontam um provável segundo turno. Pelo Ibope, ele conseguiria 46% dos votos válidos, enquanto o Data Folha apresenta um empate de 50%. "Tem pesquisas para todos os gostos", afirmou.Antes de votar, Requião foi taxativo ao afirmar que "não há hipótese" de um segundo turno. Depois, foi mais moderado: "Espero que não exista segundo turno". Ele disse que se preocupou em apresentar propostas, enquanto os adversários "resumiram-se a agredir". "O eleitor sabe que nosso futuro governo tem projetos novos, mas será a continuidade dos bons projetos que implementamos nesse período", acentuou Requião. Em meio a confusão criada por cinegrafistas e repórteres para registrar o voto, Requião acabou esquecendo o titulo na seção em que votou. Assessores votaram para pegá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.