Rodovia Castelo Branco terá pedágios de bloqueio

A Rodovia Castelo Branco, que liga São Paulo ao oeste do Estado, vai ganhar os primeiros pedágios de bloqueio. Duas praças serão instaladas pela concessionária Rodovia das Colinas no quilômetro 110, em Boituva, região de Sorocaba. A autorização foi dada pela Secretaria de Transportes do Estado sob a alegação de que no local funcionam rotas de fuga do pedágio instalado no quilômetro 111. As praças, uma em cada sentido da rodovia, serão instaladas em um trevo construído pela Colinas. As obras ficam prontas em 90 dias. A tarifa será a mesma cobrada no pedágio da rodovia, de R$ 5,20 por automóvel ou por eixo no caso de ônibus e veículos de carga. Assim que as cabines de cobrança entrarem em operação, a prefeitura da cidade vai desativar o pedágio municipal instalado na vicinal do Bairro dos Correias. Nessa praça, a tarifa só é cobrada dos veículos de carga. A concessionária pretende fechar também o acesso à vicinal, no quilômetro 107 da rodovia. Na sexta-feira, máquinas da Colinas bloquearam a estrada, causando revolta dos moradores dos bairros rurais dos Correias, Tijuco Preto e Maria Alves, que se utilizam do acesso. A prefeitura interveio e a concessionária reabriu a passagem. "Esse acesso existe há 50 anos e o fechamento nos deixou ilhados", reclamou o radialista José Amaro Balbani. Ele pretende mobilizar os moradores contra o fechamento, quando o pedágio ficar pronto. A Colinas informou que será estudada uma alternativa, em conjunto com a prefeitura, para que os moradores não fiquem sem passagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.