Rodovia Régis Bittencourt tem 50 km de lentidão

O motorista que deixa São Paulo e segue em direção ao sul do País pela Rodovia Régis Bittencourt enfrenta cerca de 50 quilômetros de lentidão, com pontos de parada, em razão do excesso de veículos, pequenos acidentes e também por conta do afunilamento da pista, na região de São Lourenço da Serra, a partir do km 319. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o trânsito está lento do quilômetro 310 ao 368, no Vale do Ribeira. No sentido da capital paulista, não há problemas no trânsito. Ontem à tarde houve uma queda de barreira na altura do km 356 da rodovia, em Miracatu, o que interditou a pista e causou um longo congestionamento até as 22 horas. A terra foi removida e a pista liberada no início da madrugada.Quem segue para o litoral paulista enfrenta boas condições de tráfego pelo sistema Anchieta-Imigrantes, que opera no esquema normal 5x5. Segundo a Ecovias, concessionária que administra as duas estradas, 2.700 veículos passaram na última hora pelos pedágios. Desde ontem, circularam pela Anchieta e Imigrantes 73 mil veículos. A previsão é que de 250 mil a 340 mil carros desçam a serra em direção ao litoral neste feriado de Natal. As rodovias Anhangüera, Bandeirantes, Dutra, Castelo Branco, Raposo Tavares, Mogi-Bertioga, Tamoios, Fernão Dias, Ayrton Senna, Padre Manoel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni têm movimento abaixo do esperado. Nas últimas horas, as polícias rodoviárias Estadual e Federal não registraram acidentes graves.

Agencia Estado,

24 de dezembro de 2004 | 10h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.