Rompimento de adutora deixa moradores sem água na zona oeste de SP

Cerca de 1.600 residências ficaram sem água na região de Perdizes, na zona oeste de São Paulo, após o rompimento de uma adutora da Sabesp, na Avenida Pompéia, na madrugada desta segunda-feira, 9.Segundo a Sabesp, os moradores mais próximos da avenida ficarão sem o abastecimento de água até por volta das 8 horas de terça-feira, 10, prazo para a finalização das obras de reparo na adutora.Outros moradores do bairro já tiveram o abastecimento retomado com o desvio da rede de atendimento. Depois do estouro da adutora, cerca de 20 casas foram inundadas e após levantamento dos danos causados, os moradores serão indenizados, de acordo com a Sabesp. DesvioA Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) montou por volta das 7h30 desta segunda-feira um desvio na Avenida Pompéia após o rompimento da adutora.As três faixas da pista no sentido Heitor Penteado foram tomadas pela cratera de quase 4 metros de diâmetro por um metro de profundidade que se formou após o rompimento da tubulação pertencente à Sabesp. Segundo a CET, o desvio começa na Rua Alfonso Bovero indo até a Rua Caiowá, no sentido Pinheiros, e vai da Rua Estevão Barbosa até Rua Guiara, no sentido Lapa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.