Ronaldo Lessa está inelegível, decide TSE

O TSE confirmou na terça-feira o acórdão do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL) que tornou inelegível, pelo período de três anos, o governador de Alagoas, Ronaldo Lessa, atual candidato ao Senado pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT). O governador foi condenado pela prática de abuso do poder político e de autoridade durante a eleição municipal de 2004.Na primeira instância, em Maceió, a ação contra Lessa foi movida pela coligação União pelas Mudanças, do então candidato do PDT à Prefeitura de Maceió, Cícero Almeida. Segundo a coligação, Lessa, então do PSB, teria prometido reajustar os salários dos servidores estaduais em troca de apoio político ao candidato Alberto José Mendonça Cavalcante, da coligação Maceió Sempre Melhor, da qual fazia parte o PSB.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.