Rondônia inicia operação para conter 6 mil focos de queimadas

Hoje, grupo de defesa contra incêndios florestais, bombeiros, Defesa Civil, Ibama e exército se reúnem para criar estratégias de combate

Marília Lopes, estadão.com.br

18 de agosto de 2010 | 13h43

SÃO PAULO - Foi iniciada nesta manhã, em Rondônia, a operação Labareda, para combater os focos de queimadas no estado. Nos últimos 17 dias, foram detectados mais de 6 mil focos de incêndio na região.

 

Segundo Ronaldo Nunes Pereira, comandante do Corpo de Bombeiros e coordenador da Defesa Civil, a situação está sob controle e não há necessidade de decretar estado de emergência em decorrência das queimadas, mas há um estado de alerta e a partir de hoje a Operação Labareda.

 

Pela tarde, haverá um encontro do Comitê Estadual de Luta Contra Queimadas Florestais, que reunirá o Ibama, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e exército para falar de estratégias de combate as queimadas.

 

As cidades mais afetadas pelo incêndio são Buritis, Cujubim, Nova Mamoré, Cerejeiras e o distrito de União Bandeirantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.