Roseana se vale de Lula para reagir a ataques

SÃO LUÍS

Eugênia Lopes, Enviada Especial, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2010 | 00h00

Líder nas pesquisas, a governadora e candidata à reeleição, Roseana Sarney (PMDB), foi o alvo dos dois principais rivais no debate da Rede Globo. Tanto Flávio Dino, do PC do B, como o ex-governador Jackson Lago, do PDT, tentam levar a eleição no Maranhão para o segundo turno.

Em reação às acusações de que seu grupo político, que comanda há décadas o Maranhão, não fez nada pelo Estado, Roseana se valeu do presidente Lula. "Há dez anos não tínhamos o Lula como presidente." E renegou a antiga parceria com o ex-presidente FHC. O debate, entre 5 candidatos, foi morno. Saulo Arcangeli (PSOL) Marcos Silva (PSTU) atacaram todos os candidatos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.