Rosinha critica reformas propostas pelo governo

A governadora do Rio, RosinhaMatheus, criticou hoje de manhã as reformas apresentadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na reunião com osgovernadores, na última quarta-feira. Durante seu programa de rádio Bom Dia, Governadora, ela chegou a questionar se asmedidas eram ?reformas ou remendos?. Disse ser contra a taxação dos servidores inativos e se opôs à reforma tributária que ogoverno pretende levar adiante.Rosinha informou que, na reunião, defendeu o repasse para os Estados de 25% do que é arrecadado com a Contribuição sobreIntervenção de Domínio Econômico (Cide), além de pedir que o ICMS seja discutido na origem e não no destino. A governadoracriticou o fato de apenas a arrecadação estadual estar sendo objeto da discussão. ?Isso é uma reforma ou remendo? Queremfazer uma reforma usando o ICMS do Estado e não querem mudar mais nada?, protestou.A governadora conversava no programa com o deputado federal e presidente regional do PSB no Rio, Alexandre Cardoso, queelogiou a postura da governadora em Brasília. ?A senhora está mostrando que o Rio de Janeiro tem uma pessoa que, comindependência, está defendendo o Estado. Não pode um Estado que produz mais de 80% do petróleo brasileiro estar em umasituação de dificudade?, disse Cardoso.Sobre a cobrança previdenciária dos inativos, a governadora adotou o mesmo discurso do marido, o ex-governador AnthonyGarotinho, e disse que o partido no Rio não vai se comprometer com a medida porque ela é inconstitucional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.