Rossi é elogiado por cúpula do PMDB

A cúpula do PMDB defendeu ontem, durante cerimônia de filiação à sigla em São Paulo, o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, cuja pasta também é alvo da faxina promovida pelo governo federal. O ministro não discursou no evento e saiu sem falar com a imprensa. O ex-governador Luiz Antônio Fleury Filho, que oficializou seu retorno ao PMDB, afirmou que Rossi é um homem "reto" e que "não se curva". "Não vai ser agora, ministro, que vão nos atingir", disse o presidente do PMDB, Valdir Raupp. Pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, o deputado Gabriel Chalita disse que o ministro é um "guerreiro que não foge da luta".

, O Estado de S.Paulo

12 Agosto 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.