Rottweilers atacam e matam a própria dona em Embu (SP)

A empregada doméstica Maria de Fátima Parra Santos, de 49 anos, morreu, no início da madrugada desta sexta-feira, vítima de um ataque de dois cães da raça rottweiler dentro de sua própria casa, situada na altura do nº 298 da Rua da Amizade, no Jardim Nossa Senhora de Fátima, em Embu, na Grande São Paulo. Eram 18 horas de quinta-feira quando Maria dava comida para o cachorro mais novo, "Bruto", de pouco mais de um ano, quando foi atacada, tanto por ele quanto por "Sara", sua mãe, de cerca de 4 anos. Ferida gravemente em uma das pernas e na região do baço, Aparecida foi levada por guardas municipais para o pronto-socorro central da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Uma das filhas da doméstica, uma adolescente de 14 anos, que na semana passada também foi atacada por "Bruto", teria presenciado o ataque, mas desta vez não foi vítima do cão, de origem alemã. Segundo parentes de Aparecida, a família já havia entrado em contato com a Prefeitura, pelo telefone 0800 77 3005, solicitando o recolhimento de "Bruto" e "Sara". Outra informação que chegou ao conhecimento da polícia, vinda da outra filha da doméstica, é de que a mãe delas foi atacada quando entrava em casa, momento em que a rua estava totalmente escura, o que teria impedido os cães de reconhecer a própria dona.

Agencia Estado,

28 de abril de 2006 | 05h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.