Roubo a banco cai 26,82% em 2007 e tráfico sobe 26,92%

Onze dos 15 principais índices de violência no Estado de São Paulo registraram queda no primeiro semestre deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados ontem pela Secretaria da Segurança Pública.O número de roubos a banco foi o que mais caiu - 26,82% - , seguido pelo de homicídios dolosos - redução de 21,7% - e de tentativa de homicídio - queda de 18,20%. Já os casos de extorsão mediante seqüestro diminuíram 18,18% e os de latrocínio (roubo seguido de morte), 13,7%.Segundo as estatísticas oficiais, casos de estupros caíram 11%, de 1.775 para 1.579. Na comparação entre os dois períodos, também tiveram redução os roubos, furtos de carros e roubos de cargas - respectivamente de 10%, 7,7% e 1,7%. Ainda sofreu queda o número de apreensão de armas: 9,21%.Cinco tipos de crimes, porém, registraram crescimento no período. Ocorrências de tráfico de drogas, por exemplo, aumentaram 26,92% neste semestre, em comparação com o ano passado e homicídios culposos subiram 3,07%.Em maio, a Secretaria da Segurança revisou estatísticas criminais divulgadas entre 2004 e 2006, após constatar que o número de roubos a banco publicado sobre o período havia sido subestimado. A polícia pensava que ele continuava a aumentar, mas está diminuindo em relação ao ano passado.

O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2002 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.