Roubo de fios em ferrovia prejudica 250 mil pessoas em SP

Os usuários da linha A (Luz-Francisco Morato), da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), tiveram problemas em seguir viagem a partir das 5h30 da manhã desta quinta-feira em razão da queda da rede áerea de energia da linha entre as estações Pirituba e Vila Clarice, na zona Oeste da capital. Segundo a CPTM, a causa foi o roubo, durante a madrugada desta quinta-feira, de 60 metros de fios de eletricidade entre as estações Pirituba e Vila Clarice, na linha A, utilizada por 250 mil passageiros por dia. A CPTM conseguiu resolver parcialmente o problema, liberando uma via para circulação, mas, mesmo assim, o intervalo de passagem das composições aumentou para 15 minutos, nas estações Pirituba, Vila Clarice e Jaraguá. Cerca de 30 ônibus foram acionados para fazer o transporte emergencial de passageiros. Não há previsão para que o serviço volte ao normal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.