Roubo de fios interrompeu circulação de trens em SP

O real motivo para a interrupção da circulação de trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) nesta manhã entre as estações de Francisco Morato e Franco da Rocha, foi o furto de 300 metros de fios da rede aérea. Segundo a assessoria de imprensa da empresa, técnicos encontraram uma escada e uma picotadeira no trecho onde os fios sumiram. Cerca de 30 ônibus do plano de emergência da SPTrans fizeram o transporte de passageiros entre as duas estações até as 8h10, quando uma via foi liberada. Às 9h40, a segunda via foi reativada e a circulação de trens normalizada. A linha A da CPTM (Barra Funda-Franco da Rocha) transporta 150 mil passageiros por dia, sendo 52 mil apenas no trecho prejudicado.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2003 | 11h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.