RS tem 4 rios acima do nível de alerta; Guaiba atinge o 2º maior nível já registrado

Governo estima que até 34,9 mil residências tenham sido atingidas pelas cheias, que tiveram início no começo da semana

O Estado de S. Paulo, O Estado de S. Paulo

17 Outubro 2015 | 13h33

SÃO PAULO - Boletim publicado na manhã deste sábado, 17, pelo governo do Rio Grande do Sul mostra que as tempestades que atingem o Estado mantém quatro rios em níveis acima dos níveis de alerta e são responsáveis pelo desalojamento de 5,3 mil famílais -- das quais 1,7 mil estão desabrigadas.

O Rio Guaiba, que corta Porto Alegre, passa pela segunda maior cheia já registrada na história: atingiu 2,93 metros, segundo informações da TV Globo. O recorde é de 1941, quando superou os 3 metros. 

Ao todo, 100 cidades foram atingidas por enchentes no RS. A estimativa do governo é que até 34,9 mil residências tenham sido atingidas pelas cheias, que tiveram início no começo da semana.

Além do Guaíba, estão acima dos níveis de alerta os Rios Sinos, Gravataí e Uruguai

O governo montou um esquema para recebimento de doações de mantimentos para os desalojados em Porto Alegre. 

Mais conteúdo sobre:
chuvas rio grande do sul rio guaiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.