Ruas premanecem bloqueadas na região da Rocinha e do Vidigal

Motoristas devem evitar a área e buscar rotas alternativas

Priscila Trindade, da Central de Notícias,

13 Novembro 2011 | 12h09

O Centro de Operações Rio informou que permanecem bloqueadas ao trânsito as principais vias de acesso à região do entorno da Rocinha e do Vidigal, na zona sul da cidade, desde as 2h30 deste domingo, 13, devido a operação de ocupação e pacificação das favelas. As interdições foram determinadas pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (Seseg).

Os pontos de interdição são: Avenida Prefeito Mendes de Moraes com Avenida Niemeyer, sentido Vidigal; Rua Visconde de Albuquerque no acesso à Avenida Niemeyer, sentido Vidigal; Avenida Padre Leonel Franca, sentido Barra da Tijuca, no acesso ao Planetário da Gávea; Estrada das Canoas, no fechamento do acesso vindo do Alto da Boa Vista; Rua Marquês de São Vicente com Rua Cedro; Avenida Ministro Ivan Lins no acesso ao Elevado do Joá; Barrinha no acesso à Estrada do Joá; Auto Estrada Lagoa-Barra, no primeiro retorno após o Mercado Zona Sul, sentido Leblon. As opções para quem sai da Barra em direção à Zona Sul/Centro (ou vice-versa) são: Linha Amarela, Grajaú-Jacarepaguá, Alto da Boa Vista

É recomendável que os motoristas evitem circular pelas vias e bairros vizinhos às interdições (Gávea, Leblon, Barra da Tijuca). Para isso é preciso utilizar as rotas alternativas citadas.

Os condutores são informados sobre os fechamentos por meio de 20 painéis fixos e 14 móveis. Sessenta homens da Guarda Municipal e da CET-Rio atuam para apoiar a Polícia Militar nos bloqueios e minimizar impactos no trânsito. A abertura dos bloqueios será avaliada e determinada pela Seseg. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.