Ruralista, Katia Abreu apoia pleito do movimento

Ex-DEM e agora no PSD, partido que flerta com o Planalto, a senadora ruralista Kátia Abreu defendeu ontem, após se reunir com a presidente Dilma Rousseff, em Brasília, a renegociação das dívidas dos integrantes do MST e dos demais pequenos agricultores. Estava presente o ministro Mendes Ribeiro (Agricultura).

Tânia Monteiro, O Estado de S.Paulo

24 Agosto 2011 | 00h00

A senadora disse ter ouvido de Dilma que está em fase final de estudo um novo modelo de extensão rural para a pequena propriedade. "As dívidas (dos pequenos e médios agricultores) são reais", afirmou, "e existem exatamente por uma política agrícola que é inoperante e não beneficia quem tem de ser beneficiado".

Isso ocorre, diz ela, "porque a subvenção e o apoiamento governamental ficam no meio do caminho com os atravessadores dos produtos". Agronegócio e agricultura familiar, acrescentou, não são concorrentes. Ela defendeu a assistência técnica para a pequena agricultura e uma nova política agrícola. / TÂNIA MONTEIRO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.