Sabesp será intimada a melhorar água em 48h

Sob pena de multa diária de R$ 300 mil, a Sabesp será notificada amanhã pelo Tribunal de Justiça para que, em um prazo de 48 horas, melhore a qualidade da água fornecida ao Guarujá. O presidente da estatal, Gesner Oliveira, poderá ser responsabilizado criminalmente. A Sabesp informou que só se pronunciará após a notificação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.