Sacos para corpos são levados para Fernando de Noronha

Material ajudará na operação de buscas pelos destroços do Airbus A330-200 da Air France, que caiu no mar

Ângela Lacerda, de O Estado de S.Paulo,

04 de junho de 2009 | 16h07

Três caixas contendo sacos para corpos foram desembarcadas por volta das 15h30 desta quinta-feira, 4, no aeroporto de Fernando de Noronha. Elas vieram da Gerência Geral de Polícia Científica da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco. O material foi transportado de Recife para o arquipélago no Hércules C130, cuja função é levar os suprimentos para as equipes de trabalho envolvidas na operação de buscas pelos destroços do Airbus A330-200 da Air France, que caiu no mar quando seguia do Rio para Paris, na França.

 

Veja também:

lista Todas as notícias sobre o Voo 447

lista Voo 447: Veja os nomes de todas as nacionalidades; são 102

lista Air France divulga lista de brasileiros no Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: buscas do Voo 447

mais imagens Galeria de fotos: homenagem às vítimas

blog Blog: histórias de quem quase embarcou

especial Conheça o Airbus A330 desaparecido no trajeto Rio-Paris  

blog Acompanhe a cobertura pelo blog Tempo Real

especialCronologia das tragédias da aviação brasileira

especial Cronologia dos piores acidentes aéreos dos últimos dez anos

video Entenda a operação que localizou destroços

video TV Estadão: Especialista fala sobre o acidente

linkApenas 4 minutos da 1ª pane até a queda
linkAirbus voava em velocidade 'errada' e teria se 'desintegrado'

linkPiloto viu clarão na rota do Voo 447, informa jornal espanhol

 

Mais cedo, às 9h30, o avião pousou no arquipélago carregado de colchões e de um caminhão frigorífico do módulo de alimentação a pontos remotos da Diretoria de Intendência da Força Aérea Brasileira (FAB). O veículo pode armazenar alimentos para abastecer até 250 pessoas por 25 dias. Dispõe ainda de um sistema de filtragem de água e gerador de energia. Até o momento, não houve a divulgação de nenhuma informação oficial sobre a montagem da operação para a identificação dos corpos das vítimas do acidente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.