Sai a Vila dos Idosos, após 4 anos

Prefeitura entregou ontem 145 apartamentos no Pari

Thais Kuzman, O Estadao de S.Paulo

07 de agosto de 2020 | 00h00

Depois de quase quatro anos de espera, as 145 famílias que aguardavam a conclusão das obras na Vila dos Idosos puderam se mudar para o conjunto habitacional no Pari. Na inauguração e entrega simbólica da primeira unidade, realizada na manhã de ontem, o prefeito Gilberto Kassab pediu aplausos à antiga gestão, comandada pela petista Marta Suplicy.O projeto, constituído por 145 unidades divididas em 88 quitinetes e 43 apartamentos de um dormitório - sendo alguns com adaptações para pessoas com necessidades especiais -, foi iniciado ainda em 2003, mas custou para sair do papel. "Essa obra tem a participação de todos. Por isso peço aplausos para a antiga Câmara e para a prefeita Marta Suplicy", disse Kassab durante a cerimônia. Ele explicou que como o trabalho começou na gestão anterior, "nada mais justo do que fazer essa homenagem."O prefeito explicou que seu mandato está focado em obras sociais e garantiu que está trabalhando em novos conjuntos habitacionais. "Não são programas apenas para idosos, cada projeto tem sua característica, mas o principal objetivo é que todos possam ter sua casa."A conclusão da obra trouxe alívio aos idosos que estavam com a moradia incerta nos últimos meses, como Iraci Montenegro de Sena, de 75 anos. "A Bolsa Aluguel que Marta tinha aprovado acabou em março e não foi renovada. Meu filho estava pagando minhas contas", disse a funcionária pública aposentada. Iraci contou que participou da luta pela Vila dos Idosos desde o anúncio do projeto. "Eu faço parte do Garmic (Grupo de Articulação para Conquista da Moradia do Idoso da Capital) e foi uma vitória ver a obra finalizada."Para Ana Andrade, de 75, o empreendimento é o fim das mudanças de endereço. "Eu morava no Edifício São Vito (que foi desocupado), tive de sair de lá e agora tenho minha casa", disse. E fez uma ressalva: "Os apartamentos foram entregues sem acabamento. Vai demorar para ser um lar."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.