AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Sai projeto de aeroporto na Baixada Santista

O Aeroporto Metropolitano da Baixada Santista já tem um projeto básico, entregue ontem ao prefeito Maurici Mariano pelo superintendente do Departamento Aeroviário do Estado (Daesp), José Mauro de Figueiredo Garcia. Com isso, poderá ser aberta licitação para contratar a empresa que fará o estudo e relatório de impacto ambiental (Eia-Rima). O processo de elaboração desse trabalho e a aprovação por parte das autoridades ambientais deve levar de seis meses a um ano, quando então a obra poderá ser iniciada."Vamos abrir a licitação para o Eia-Rima já na semana que vem, ao mesmo tempo em que encaminharemos cópia do projeto à Curadoria do Meio Ambiente para que inicie uma avaliação", disse Maurici Mariano, confiante na aprovação do projeto. "Pelo visto no projeto, nada impede a construção do aeroporto", comentou.As obras estão orçadas em R$ 41 milhões e a sugestão apresentada pelo Daesp é no sentido de serem divididas em várias etapas que facilitem a obtenção dos recursos. Esse valor é estimado para todas as adaptações necessárias para que a Base Aérea possa ter atividades civis e militares separadamente.Como a Base é um aeroporto militar, algumas instalações terão de ser removidas para outro local, como o estende de tiro e o paiol. O início das obras do aeroporto civil deverá ocorrer logo depois da aprovação ambiental. Na primeira fase, haverá a construção de uma pista de taxiamento, um pátio para os aviões, o terminal de passageiros com capacidade para 200 pessoas, o acesso ao terminal e o estacionamento.

Agencia Estado,

02 de outubro de 2004 | 01h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.