Saída de Law Kin Chong afasta diretor de presídio em SP

O diretor da Penitenciária José Parada Neto, de Guarulhos, na Grande São Paulo, Antonio Samuel de Oliveira Filho, foi afastado do cargo nesta sexta-feira, 23. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), a medida foi tomada para apurar das condições e circunstâncias em que ocorreu o transporte do empresário Law Kin Chong à Santa Casa de Misericórdia, na segunda-feira, 19. Chong recebeu autorização para deixar a unidade prisional, em Guarulhos, na Grande São Paulo, para visitar o pai dele que estaria internado em um hospital. Ele foi transportado em uma ambulância, mas, de acordo com a SAP, o correto seria em uma viatura. Chinês naturalizado brasileiro, Chong foi preso em junho de 2004 durante operação da Polícia Federal (PF). Ele é acusado dos crimes de lavagem de dinheiro, contrabando, evasão de divisas e sonegação fiscal.

Agencia Estado,

23 Fevereiro 2007 | 19h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.