Saída para o feriado complica o trânsito na capital paulista

A saída do paulistano para o feriado desta quinta-feira, 25, data em que se comemora o 453º aniversário de fundação da cidade de São Paulo, já complica o trânsito nas principais vias. Às 16 horas, a CET registrou 49 quilômetros de lentidão, quase o dobro da média para o horário, que é de 25 km. A estimativa da companhia é de que aproximadamente 1,5 milhão de veículos devem deixar a capital. O trecho mais crítico estava na pista expressa da Marginal do Tietê, sentido Lapa-Penha, onde o motorista reduzia a velocidade desde a saída da Rodovia dos Bandeirantes até a Ponte d o Limão, cerca de 5,5 quilômetros de congestionamento. Também havia problemas na via expressa desde a Ponte da Casa Verde até a Rua Azurita, cerca de quatro kms. Já na via local, a lentidão era de três km a partir da Rua Cristina Tomas. Pela Avenida dos Bandeirantes, em direção à Rodovia dos Imigrantes, havia quatro km de lentidão desde a Marginal do Pinheiros até o Viaduto João Julião da Costa Aguiar. Também havia problemas na Avenida Professor Luiz Ignácio de Anhaia Mello, sentido centro, entre a Avenida Salim Farah Maluf até o Viaduto Grande São Paulo, cerca de 2,5 km, e também na Avenida Paulista, sentido Consolação, desde a Avenida Brigadeiro Luis Antônio até a Rua Augusta, aproximadamente 1,5 km. Para os motoristas que quiserem evitar congestionamentos, a CET recomenda que evitem viajar entre no período da tarde até às 22 horas desta quarta e das 8 horas às 13 horas de quinta. Já para o retorno, recomenda-se que os motoristas evitem viajar entre 14 horas e 22 horas de domingo e das 8 horas às 13 horas de segunda.Para auxiliar a saída para o feriado, a CET liberou totalmente a pista local da Marginal do Pinheiros, sentido da Rodovia Castelo Branco. A interdição voltará à 1 hora de quinta. No restante da semana, a CET manterá a interdição, que vem sendo realizada em razão do desmoronamento das obras da futura Estação Pinheiros Linha 4-Amarela do Metrô - com liberação de uma faixa da via local, entre 5 horas e 23 horas. A pista expressa permanecerá totalmente liberada.LitoralDeste número de 1,5 milhão de veículos estimado pela CET, 500 mil veículos devem trafegar pelas rodovias Anchieta-Imigrantes e pela Presidente Dutra. De acordo com a concessionária Ecovias, que monitora o Sistema Anchieta-Imigrantes, são esperados de 260 mil até 380 mil veículos, descendo com direção à Baixada Santista, entre quinta a Domingo.A Ecovias implantará, já na quarta a partir das 17 horas, a Operação Descida, com sete faixas para descida e três para subida, sentido capital. Os veículos com direção ao litoral poderão utilizar as duas pistas da Via Anchieta e a pista Sul da Rodovia dos Imigrantes. A subida será feita pela pista norte da Rodovia dos Imigrantes. A operação especial de descida será colocada em prática novamente na quinta, entre as 6 horas e 16 horas e também na sexta-feira, entre as 18 horas e 24 horas.No sábado, entre às 8 horas e 13 horas, a concessionária retoma a operação 7X3. No mesmo dia, a partir das 20 horas, o Sistema se prepara para receber os veículos em direção à Capital e, para isso, a Ecovias inicia a Operação Subida (2x8), que se estenderá até às 24 horas. Nesse esquema, duas pistas da rodovia dos Imigrantes e a pista norte da via Anchieta serão destinada aos veículos que retornam à capital, enquanto a pista sul da Anchieta fica para ser usada com destino ao litoral.O mesmo esquema volta a funcionar das 11 horas de domingo até às 2 horas da madrugada de segunda, 29. A Ecovias destaca, no entanto, que os horários de início e término das operações podem sofrer alterações em função do volume de tráfego nas rodovias.Via DutraO motorista que utilizar a Via Dutra durante o feriado não deve enfrentar problemas de tráfego, segundo a concessionária da rodovia, a NovaDutra. A concessionária prevê movimento tranqüilo na rodovia que liga São Paulo ao Rio de Janeiro. De acordo com a NovaDutra, cerca de 185 mil veículos devem deixar a capital paulista entre quarta e quinta. O pico de fluxo de veículos estimado pela concessionária deve ocorrer na quarta-feira, das 16 horas às 20 horas, quando devem circular 7,5 mil veículos por hora, e na quinta, das 10 horas às 14 horas, quando 5.000 veículos devem trafegar, por hora, pela Via Dutra.Para o retorno do feriado, a NovaDutra alerta para o fluxo intenso de veículos entre domingo, das 16 horas às 20 horas, e na segunda, das 6 horas às 9 horas. A concessionária lembra ainda que por conta de o feriado ser apenas municipal as obras na rodovia serão conduzidas normalmente durante os dias do feriado.InteriorAos paulistanos que irão viajar para o interior, a concessionária AutoBan, que controla as rodovias Anhangüera e Bandeirantes, recomenda que evitem viajar entre 15 horas e 20 horas da quarta, e entre 7 horas às 12 horas e das 16 às 20h na quinta-feira. A AutoBan espera que cerca de 636 mil veículos circulem pelas duas rodovias entre quarta a domingo. Para o retorno à capital, a maior concentração de veículos, segundo a AutoBan, está prevista para o horário entre 15 horas e 22 horas do domingo.A concessionária ressalta que no domingo, das 14 horas às 22 horas, os caminhões com destino à capital pela rodovia dos Bandeirantes deverão utilizar a rodovia Anhangüera no trecho do km 47 ao km 23, entre Jundiaí e São Paulo. O acesso é na Saída 48 da Rodovia dos Bandeirantes. O objetivo do desvio, de acordo com a AutoBan, é melhorar a distribuição do tráfego e estimular a utilização da Via Anhangüera.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.