Saideiras

Meia dúzia de sete ou oito bobagens que o Brasil aprendeu com o carnaval em 2009 - e não se fala mais nisso, ok? 1) A forte retração no consumo de cerveja nos circuitos dos trios elétricos baianos não reduziu o fluxo de xixi nas ruas de Salvador. 2) A performance da Mangueira acompanhou o desempenho do PIB: não foi o espetáculo que se projetou de início nem o desastre que depois se esperava. 3) Revelação: Paulinho Vilhena gosta de samba. 4) A julgar pela desenvoltura de Gustavo Kuerten no Sambódromo, o tenista ainda não está totalmente recuperado do problema nos quadris. 5) Sylvester Stallone e Jean Claude Van Damme perderam em cima da hora para Sharon Stone o posto de principal ausência nos camarotes das cervejarias na Marquês de Sapucaí. 6) Antônio Fagundes introduziu o cachimbo na folia. 7) Está tudo bem com o joelho esquerdo de Luma de Oliveira. 8) A animação da Suzana Vieira não tem cura. TENDÊNCIA As escolas de samba campeãs do Rio e de São Paulo - Salgueiro e Mocidade Alegre - são presididas por mulheres. Só se falava disso na reunião de ontem no Palácio do Planalto sobre as demissões da Embraer. ESCLARECIMENTO O chinês que Barack Obama escolheu para mandar no Comércio não é aquele famoso de São Paulo. Era só o que faltava, né não? Loucuras de Carnaval O salvamento do cisne no lago do Parque da Aclimação, na Terça-Feira Gorda, emocionou muita gente que afogou o ganso na véspera. Efraim do mundo Não chega a ser o fim, mas com o senador Efraim Moraes na liderança da minoria no Congresso, a oposição tem tudo para cair pro grupo de acesso em 2010. Relax & Gozzi A marca Gózzi, de camisinhas, pode ter sido inspirada na célebre declaração que marcou a passagem de Marta Suplicy pelo Ministério do Turismo. Imagem em construção Lula está orgulhoso! Dilma Rousseff voltou a Brasília com um leve sotaque nordestino. Só para mostrar ao presidente que aprende rápido. Agora vai! A torcida do Corinthians respirou aliviada ontem. Ronaldo Fenômeno passou no teste de reconhecimento de campo em Presidente Prudente. E vice-versa. Temia-se que eles não se lembrassem bem um do outro. Ressaca Lula não negou fogo. Foi ao jantar na Embaixada da China em plena Quarta-Feira de Cinzas, mas já pediu ao Itamaraty que devolva a homenagem na mesma moeda. Pena que o Ano-Novo Chinês já tenha passado! Xô, fim do mundo! O Carnaval fez bem a Barack Obama. Seu discurso na Terça-Feira Gorda deu uma animada no planeta. Ninguém aguentava mais aquele baixo astral do pós-posse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.