Ederson Nunes/CMPA
Ederson Nunes/CMPA

Salário de servidores de Porto Alegre poderá chegar a R$ 30,4 mil 

A quantia pode ser equiparada, por exemplo, a salários de desembargadores do Tribunal de Justiça do RS e de ministros do STF

Luciano Nagel, especial para O Estado

29 de junho de 2017 | 11h06

PORTO ALEGRE - Vereadores de Porto Alegre aprovaram, em votação realizada nessa quarta-feira, 28, o limite da remuneração do teto do salário dos servidores municipais. 

O valor homologado ficou em R$ 30,4 mil, ao contrário dos R$ 19,4 mil previstos pelo Executivo Municipal. Do total de 35 votos, 26  vereadores votaram a favor e 9 contrários à proposta. 

A quantia pode ser equiparada, por exemplo, a salários de desembargadores do Tribunal de Justiça do RS e de ministros do STF. 

No final do mês março, o prefeito Nelson Marchezan Junior havia publicado um decreto que estabelecia que nenhum servidor de Porto Alegre poderia receber salário acima de R$ 19.447,40. A justificativa do decreto, segundo Marchezan, é que a iniciativa seria o cumprimento à lei e à redução da folha em mais de R$ 1 milhão por mês. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.