Salvador vive situação de emergência por causa de chuvas

Os estragos em Salvador provocados pelas chuvas que vêm atingindo a capital baiana com violência nos últimos dias, levaram o prefeito João Henrique Carneiro (PDT) a decretar situação de emergência nesta quarta-feira, 14. O objetivo da medida é facilitar a obtenção de recursos do governo federal para o conserto de casas, ruas e contenção de encostas, obras que podem chegar a R$ 20 milhões, conforme a Secretaria Municipal de Transportes e Infra-estrutura.O problema mais grave ocorreu com o deslizamento de parte da encosta da Ladeira do Contorno, principal ligação rodoviária entre a Cidade Alta e a Cidade Baixa. O tráfego de uma das pistas está interditado desde a noite da última segunda-feira, 12. Também ocorreram desabamentos de imóveis nos bairros de Jardim Cruzeiro, Plataforma e Pau da Lima. Em três dias choveu o volume esperado durante todo o mês de junho. Desde abril, os temporais causaram a morte de quatro pessoas e ferimentos em outras treze. Há pelo menos 800 famílias desabrigadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.