Sanguessugas têm poucas chances e governo se recupera, diz pesquisa

Na pesquisa, 80,1% dos 2.000 entrevistados em 24 Estados disseram que não votarão em parlamentares envolvidos no escândalo das sanguessugas que disputarão as eleições deste ano e 73,1% disseram que têm acompanhado ou já ouviram falar na CPI dos Sanguessugas, enquanto 25,4% não ouviram falar.Apenas 5,5% dos entrevistados disseram que poderiam votar nos candidatos envolvidos no escândalo, enquanto 12% afirmaram que querem se informar melhor para decidir seu voto.GovernoO diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes, observou que o governo e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recuperaram níveis de popularidade anteriores à crise política. Tanto que a avaliação positiva do governo atingiu 43,3% ante 41% em julho; a avaliação de regular cresceu para 39,5% ante 38,5% em julho, e a negativa, caiu de 19,3% em julho para 15,6% no período de comparação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.