Werther Santana/AE - 12/9/2011
Werther Santana/AE - 12/9/2011

Santa Catarina chega a 11 cidades em estado de calamidade pública

Chuvas deixaram ainda outras 55 em situação de emergência e 93 que enviaram Notificação Preliminar de Desastre

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

13 Setembro 2011 | 16h23

SÃO PAULO - O número de cidades que decretaram estado de calamidade pública por causa das chuvas em Santa Catarina subiu para 11, segundo boletim divulgado pela Defesa Civil nesta terça-feira, 13. Entre eles estão Aurora, Agronômica, Brusque, Ituporanga, Presidente Getúlio, Rio do Sul, Rio do Oeste, Laurentino, Lontras, Taió e Trombudo Central.

Há ainda 55 cidades em situação de emergência e outras 93 que já enviaram Notificação Preliminar de Desastre (Nopred) e aguardam confirmação para a decretação de situação de emergência.

Ao todo, a Defesa Civil calcula que haja 978.580 afetados. Desses, cerca de 162 mil estão desalojados (pessoas que foram para casa de parentes ou amigos) e outros 15,4 mil estão desabrigados (pessoas que necessitam de abrigo temporário). Ao todo, foram registrados três óbitos. Em Guabiruba, um idoso estava trabalhando no telhado de sua casa quando a estrutura desabou. Em Itajaí, um homem de 50 anos morreu afogado. Em Laurentino, um rapaz de 19 anos morreu após tocar em uma rede elétrica de alta tensão.

Na segunda-feira, 12, o governo federal, através do Ministério de Integração Nacional, anunciou que irá liberar R$ 13 milhões para as cidades atingidas pelas enchentes no estado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.