Santa Catarina confirma quinta morte devido às chuvas

Vítima é uma mulher de 68 anos que morreu afogada em Praia Grande, tentando atravessar área alagada

AE,

12 de setembro de 2009 | 15h59

Mais uma pessoa morreu em Santa Catarina na manhã deste sábado, 12, devido às chuvas que atingem a região. A quinta vítima fatal no Estado é uma mulher de 68 anos que morreu afogada em Praia Grande. Maria Rita da Silva tentou atravessar com uma carroça uma área alagada na comunidade de Três Irmãs. De acordo com a Defesa Civil, o cavalo que conduzia a carroça se assustou, causando o seu tombamento. Após a queda, a mulher foi arrastada pela enxurrada.

 

Veja também:

linkChuvas interditam estradas em Santa Catarina

linkSanta Catarina libera R$ 2 milhões para vítimas do tornado

mais imagens GALERIA: Imagens do dia seguinte do caos

mais imagens GALERIA: Imagens da chuva e do caos em SP na terça

lista COMENTE: Twitter do estadao.com.br

mais imagens PARTICIPE: Sofreu com a chuva? Mande sua foto

 

Na terça-feira, outras quatro pessoas morreram após o vendaval em Guaraciaba, no extremo oeste catarinense. Até o momento, 162 mil pessoas foram afetadas em Santa Catarina.

 

A BR-101, que liga o Estado catarinense ao Rio Grande do Sul, está interditada devido a uma lâmina de água de 30 centímetros que está sob a pista. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o nível do Rio Araranguá passou a transbordar na via na quinta-feira.

 

Pelo menos nove famílias do bairro Barranca, localizado às margens do rio, foram retiradas da área de risco. Somente no município, há cerca de 332 desabrigados e 48 desalojados.

 

Alguns trechos das Rodovias Estaduais 450 e 449 estão bloqueados em razão das chuvas que atingem o Estado. Os pontos de alagamento no km 35 da SC-450, em São João do Sul, e na SC-449, em Araranguá, impedem o tráfego de carros nos locais.

Tudo o que sabemos sobre:
Santa Catarinachuvamorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.