Santos apreende R$ 100 milhões em cargas em 2001

A apreensão de mercadorias em situação irregular no porto de Santos durante o ano passado superou em 39% o total apreendido em 2000.A Alfândega santista informou nesta terça-feira, que os produtos retidos pelos fiscais atingiram R$ 100 milhões.O órgão desencadeou nesse período dois tipos de operação: a caça-fantasma, que fiscaliza empresas constituídas de forma fraudulenta para a realização de operações irregulares, foi responsável pela apreensão de 149 contêineres em 2001, com 2,4 mil toneladas de carga avaliada em R$ 12,4 milhões.Na operação caça-piratas, a fiscalização é feita nos navios atracados no cais para a apreensão de mercadorias falsas, mesmo que o destino seja outros portos.Os fiscais conseguiram apreender 55 contêineres, com 524 toneladas de carga. A avaliação desses produtos é de R$ 25,5 milhões.Além dessas operações especiais, a Alfândega ampliou o serviço de fiscalização aduaneira, completando os R$ 100 milhões em cargas apreendidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.