Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Mais duas pessoas que ajudaram no resgate em creche de Janaúba são internadas

Pacientes estão no Centro de Terapia Intensiva e devem ser transferidos para o quarto

Leonardo Augusto, Especial para O Estado 

09 Outubro 2017 | 12h56

BELO HORIZONTE - Uma funcionária e um morador de Janaúba (MG), que ajudaram no resgate às vítimas do incêndio na creche Gente Inocente, foram internados nesse domingo, 8, no hospital da cidade, por inalação de gases. 

Os pacientes foram identificados como Valéria Aparecida Borges, de 28 anos, que trabalhava na creche, e Elton Batista de Oliveira, 50 anos, morador do bairro em que ficava a escola.

Valéria e Oliveira estão no Centro de Terapia Intensiva (CTI), mas com previsão de serem transferidas para quartos ainda nesta segunda-feira, 9, segundo a assistente social Dayane Durães, que trabalha no hospital.

+++ Professora que lutou e morreu no incêndio já tinha perdido filho por afogamento

Outras 23 pessoas ainda estão internadas em hospitais de Montes Claros e Belo Horizonte: 19 crianças e quatro adultos.

Na manhã desta segunda foi confirmada a morte da nona criança, Matheus Felipe Rocha, de 5 anos, vítima do incêndio na creche. O fogo foi provocado pelo vigia Damião Soares dos Santos, na quinta-feira, 5. Dois adultos morreram na tragédia, o autor do crime e a professora Heley de Abreu dos Santos, de 43 anos.

+++ 'Eu vou dar picolé para vocês', disse vigilante antes de atear fogo em creche

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.