São Luís está interditada para caminhões, ônibus e vans

Caminhões, ônibus e vans estão proibidos de entrar em São Luís, no Maranhão, pela única ponte que liga a ilha ao continente. O acesso à capital maranhense foi impedido pelo DNIT (Departamento Nacional de Infra-estrutura e Trânsito), que está recuperando trecho de rachadura de área que cedeu no último sábado, após a passagem de um caminhão. Até quarta-feira, só trafegam pela ponte carros de passeio e caminhonetes de pequeno porte. Passageiros de ônibus, microônibus ou van estão tendo de atravessar a ponte a pé (cerca de 2 km) para pegar condução do outro lado. Já os caminhoneiros, desde sábado pela manhã, estão tendo de encostar o veículo e aguardar a liberação. Ainda não foi avaliado o prejuízo obtido com as cargas paradas, principalmente de produtos alimentícios.Segundo a Polícia Rodoviária Federal, hoje está sendo feito um escoramento com macacos hidráulicos para resolver o problema emergencial. Uma alternativa estudada pela PRF é utilizar, provisoriamente, uma ponte da Estrada de Ferro, localizada próxima à rodovia BR-135, para tráfego de veículos pesados. A ponte, localizada sobre o rio Estreito dos Mosquitos, foi construída em 1972 e nunca passou por uma reforma. Uma nova ponte, que começou a ser construída há 5 anos (de obra avaliada em R$ 4 milhões), nunca foi concluída, segundo o DNIT, por falta de dinheiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.