São Paulo investe R$ 7,26 milhões em terminais rodoviários

O governo estadual anunciou hoje o investimento de R$ 7,26 milhões na construção e reforma de terminais rodoviários em 25 municípios de São Paulo. O convênio com as cidades, de 15 diferentes regiões, foi assinado em Santa Bárbara D´Oeste, na região de Campinas. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que os terminais irão atender a uma população de 1,2 milhão de moradores e serão adequados para idosos e portadores de necessidades especiais. De acordo com Alckmin, metade dos recursos são do governo do Estado e o restante será financiado pelo Banco Interamericanode Desenvolvimento (BID). As licitações terão início este mês e a previsão de conclusão das obras varia entre quatro e oitomeses. Do total de recursos, R$ 4,54 milhões serão aplicados em sete municípios que não possuem rodoviária: Águas de São Pedro,Bofete, Campina do Monte Alegre, Guapiara, Monte Azul Paulista, Santa Bárbara D´Oeste, e Vargem Grande do Sul. O maior terminal será o de Santa Bárbara, com 12 plataformas de embarque e desembarque. O restante da verba será usado na reforma de terminais das outras 18 cidades. Alckmin afirmou que irá anunciar, no final de semana, projetos para construção e ampliação de rodoviárias em outros 25 municípios do Estado. Os recursos destinados às 50 cidades irão somar quase R$ 12 milhões. O secretário estadual dos Transportes, Dario Rais Lopes, lembrou que estão sendo investidos US$ 240 milhões, em parceria com o BID, na recuperação de 700 quilômetros de rodovias estaduais e construção dos terminais. Ele afirmou que em agosto será concluída a obra de melhoramento da Rodovia Luiz de Queiroz (SP-204), na região de Campinas, incluída no pacote de investimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.