São Paulo pode ter racionamento de água esta semana

O secretário de Energia e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo, Mauro Arce, admitiu há pouco à Agência Estado que o racionamento de água poderá ser implementado pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) na Região Metropolitana de São Paulo ainda esta semana. "Não descarto a possibilidade de anunciarmos o racionamento aindaesta semana", disse. "Estamos chegando no nosso limite. Não dá mais para ficar esperando", complementou.Segundo ele, as mais recentes chuvas que inundaram regiões da capital foram concentradas somente na área metropolitana,longe das bacias de abastecimento e que sofrem de escassez de água. "É uma coisa realmente impressionante, mas as chuvasnão atingiram os reservatórios da Cantareira e nem da Billings", informou, ao comentar que, até o momento, os reservatórios"andam de lado".O secretário refutou as críticas de que o racionamento dependa de uma decisão política do governo estadual. "Antes fosse,porque eu já teria tomado. Nossa análise é puramente técnica, embora já saibamos o que fazer, não é fácil decidir colocar 9milhões de pessoas em regime de rodízio", explicou.As campanhas realizadas pela Sabesp para redução do consumo da população surtem efeito, assinalou Arce. Os gráficos dacompanhia referentes aos meses de novembro e dezembro de 2003, e de janeiro desse ano, mostram que a produção de águaestá abaixo dos m esmos períodos de anos anteriores. "E que não venham dizer que isso é redução da produção por falta deágua. A população cumpre sua parte e atende o pedido da Sabesp pelo consumo mais racional da água", apontou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.