São Paulo promove mutirão da saúde neste sábado

Cerca de 60 unidades de saúde estarão juntas neste sábado, 14 de abril, em um mega-mutirão gratuito organizado pela Secretaria de Estado da Saúde. A expectativa é atender cerca de 100 mil pessoas. Das 8h às 17h, hospitais e ambulatórios estaduais terão atendimento aberto (para qualquer pessoa) e fechado (para reduzir espera por atendimento já agendado) à população, com consultas, cirurgias e exames (veja abaixo a programação). Por todo o Estado haverá atendimento, sendo nos municípios da Grande São Paulo, litoral e interior. A Secretaria identificou as unidades que precisam acelerar atendimento e ordenou o atendimento em esquema de mutirão. Haverá consultas em, por exemplo, dermatologia, cardiologia, ginecologia, pediatria, oftalmologia e oftalmologia. Também serão oferecidos exames como mamografia, ultra-sonografia, teste de glicemia, ecocardiograma, papanicolau e teste de hepatite. ?O mutirão será importante para prevenir problemas de saúde e para reduzir filas por atendimento. A idéia foi abranger o maior número possível de especialidades e atendimentos?, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata. A Secretaria disponibilizará neste sábado telefones para orientação à população: 150 para a capital e 3081.2817 e 3066.8684 / 8359 e 8065 para as outras cidades do Estado.

Agencia Estado,

13 Abril 2007 | 14h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.