São Paulo registra 11 homicídios em menos de 5 horas

Entre às 18h e 22h30 de ontem, foram registrados na capital e na Grande São Paulo onze mortes segundo a Polícia Civil. Entre os casos há um latrocínio registrado na Lapa, na zona Oeste da cidade, uma troca de tiros entre policiais e bandidos na região do Butantã, também na zona Oeste, e o assassinato de um traficante que gozava do benefício de liberdade temporária de Dia dos Pais.HomicídioPor volta das 20h, o entregador Édson Bezerra de Lima, funcionário de uma loja do Habib´s, foi morto com dois tiros ao entrar em luta corporal com um de dois bandidos que lhe deram voz de assalto na altura do nº 117 da Rua Scipião, no Alto da Lapa, zona Oeste. Um pedido de esfihas foi feito para aquele endereço e, no momento em que Édson chegou, em vez de encontrar o cliente, foi surpreendido pelos criminosos, que exigiram dele a moto Honda CG-150 Titan. Ao se atracar com um dos assaltantes, acabou baleado, morrendo quando era atendido no pronto-socorro do Hospital Sorocabanos. Uma identidade em nome de Ivan da Conceição, de 27 anos, foi encontrada pela polícia no local do crime. A moto da vítima foi levada. A polícia acredita que a identidade pertença a um dos assaltantes. O latrocínio - roubo seguido de morte - foi registrado no 07º Distrito Policial, da Lapa, pelo delegado Fábio Daré.PerseguiçãoÀs 23h de ontem, Sebastião da Costa Andrade, 19 anos, e seu cúmplice, Josué Dias, de 18 anos, trocaram tiros como policiais militares da 01ª Companhia do 23º Batalhão na altura do quilômetro 11 da pista sentido capital-interior da Rodovia Raposo Tavares, na região do Butantã. A dupla foi perseguida pelos policiais desde a esquina da Rua Teodoro Sampaio com a Rua Cardeal Arcoverde, em Pinheiros, zona Oeste, onde os bandidos renderam Camila Tironi e Ibraim Filho e deles levaram um veículo Polo preto. As vítimas acionaram a Polícia Militar, que deu início à perseguição. Na rodovia o cerco foi feito e houve o tiroteio. Os dois criminosos foram baleados e encaminhados ao pronto-socorro Bandeirantes, onde Sebastião morreu. Baleado no braço, Josué foi encaminhado ao 51º Distrito Policial e indiciado pelo delegado José Roberto Plázio.Indultado O traficante João dos Santos Souza, de 33 anos, que cumpre pena na Colônia Penal Agrícola de São José do Rio Preto, interior do Estado, foi encontrado morto ontem, por volta das 21h30, com vários tiros na cabeça, na Vila Olímpia, zona Sul da capital paulista. Segundo a delegada Maria Helena Tomita, do 15º Distrito Policial, do Itaim Bibi, onde o caso foi registrado, João havia recebido liberdade provisória de Dia dos Pais e deveria retornar à prisão nesta terça-feira. Ainda não se sabe o motivo do assassinato pois não houve testemunhas para o casoMorador de rua Um morador de rua foi detido às 20h30 de ontem após matar uma colega de rua cujo nome ainda não foi descoberto pela polícia. A vítima, uma senhora negra, foi agredida com várias pauladas na cabeça na Rua Willy Aurélio, em Interlagos, na zona Sul. Mesmo encaminhada ao pronto-socorro do Hospital Regional Sul, a moradora de rua não resistiu e morreu. Policiais civis fora para o local de crime lá próximo detiveram Allan Araújo de Azevedo, que dormia em um colchão e estava com as mãos sujas de sangue. Ao se certificarem que era ele o autor do crime, encaminharam o acusado ao 48º Distrito Policial, de Cidade Dutra, onde foi autuado por homicídio pelo delegado Gilberto Geraldi. Ainda não se sabe o motivo do assassinato.Mais casosForam registrados homicídios também na região do Portal do Morumbi, zona Sul, Jardim Herculano, zona Sul, Parada de Taipas, zona Oeste, Vila Penteado, zona Norte, Ferraz de Vasconcelos, Guarulhos e São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e um duplo homicídio na região do Jardim das Embuias, na zona Sul da capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.