São Paulo tem a madrugada mais quente do verão

A madrugada desta segunda-feira foi a mais quente na capital paulista deste verão, com 23,3 graus. A máxima chegou a 33 graus, com umidade relativa do ar de 40% às 16 horas na estação do Instituto Nacional de Meteorologia, no Mirante de Santana, na zona norte da capital. A noite mais abafada anterior ocorreu na véspera do Natal, quando o termômetro marcou 23 graus. Em 2005, a maior mínima de fevereiro foi de 21,9 graus. Na terça, o sol predomina pela manhã e o calor continua. A partir da tarde, a aproximação de uma frente fria deixa as nuvens carregadas, com chuvas e trovoadas que podem ser fortes, de acordo com o meteorologista da Climatempo André Madeira. As temperaturas ficam entre 20 e 33 na capital. A quarta-feira será chuvosa na Grande São Paulo, no litoral e no sul paulista e começa a refrescar um pouco principalmente à tarde. Na quinta e na sexta-feira, nuvens de chuva cobrem quase todas as regiões do Estado, com sol de manhã apenas no norte. A mínima segue estável e a máxima deve ficar em torno de 27 graus na região metropolitana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.